sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Prometo Perder - Pedro Chagas Freitas

Amanha estou tentada a ir á Feira do Livro na Ericeira para adquirir um exemplar autografado deste magnifico escritor

Li alguns excertos do "Prometo Perder" e fiquei encantada:


Não tenho pena dos que sofrem profundamente. Tenho pena dos que nunca sofreram profundamente. Mas que merda afinal é que eles viveram?

Uma mulher com a cabeça no teu ombro pode ser o suficiente para a vida valer a pena. E é.

Há pessoas que quando fecham os olhos é para dormir: essas são as normais. E há PESSOAS QUE QUANDO FECHAM OS OLHOS É PARA SONHAR: essas são as anormais. Essas são as únicas que VALEM (e é pena) A PENA.

É só por aquilo que faz perder a respiração que vale a pena respirar.

Construir coisas boas exige sempre passar por coisas más.
Só assim é que o bom é mesmo bom. Quando existiu o mau. O que é sempre bom não é nada bom. O que é sempre bom é uma mentira
_________________
in "Prometo Perder", o meu novíssimo livro



Sem comentários:

Enviar um comentário